Adoração continua e renovação da mente

               Abrimos a nossa 2ª Semana de Encontro com o Pai com o tema sobre a renovação da nossa mente, tendo como texto base Romanos 12.1,2, onde está escrito que existe uma adoração espiritual e verdadeira. Adoração, pode se tornar falsa, se a motivação dela for outra que não a de adorar a Deus. Pois devemos lembrar sempre, que Deus criou o homem a sua imagem e semelhança para a Sua adoração.

               Nossa indagação na semana passada foi: Qual o motivo da nossa adoração? Essa semana, nossa pergunta é O que é a verdadeira adoração? Em nosso texto base poderemos responder apresentando 3 aspectos sobre a verdadeira adoração:

 

              1º A verdadeira adoração está baseada na misericórdia de Deus, a compreensão da salvação e do nosso chamado junto a Deus, se baseia na misericórdia de Deus, pois se isso não estivesse sobre a nossa vida, é bem certo dizer e afirmar que não teríamos este relacionamento com Deus. Entender a salvação em Cristo através da misericórdia de Deus, é entender que a maneira que podemos e temos como retribuir isso, vem através de uma adoração pura e verdadeira diante de Deus;

             2º A verdadeira adoração é apresentar o seu corpo como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, esse é outro aspecto de uma adoração verdadeira, sabendo que da misericórdia vem a salvação e esta nos leva a consagração total do nosso ser. Sacrifício vivo, santo e agradável são qualidade de uma vida de adorador que anda e vive na dependência de Deus, que se sujeita e esta com o coração aberto e submisso aquilo que é determinado pelo Senhor, sem questionar mas entender que a vontade de Deus é soberana, e que a nossa consagração, a nossa entrega, o nosso derramar diante do Senhor, passa por uma entrega do nosso ser.

             3º A verdadeira adoração depende da continua renovação da nossa mente. Renovação passa por mudança, e toda a mudança pra ser compensatória tem que ser para o melhor, e mudar o nosso jeito de ser, de pensar e de adorar a Deus, a renovação da nossa é uma transformação diária pelo conhecimento do evangelho, ou seja, vida vivida diariamente com Cristo.

              Continue no propósito de adorador, continue fazendo desses 49 dias de Encontro com o Pai, um aprendizado, um exercício diário, para que na caminhada da vida cristã, você possa ser e ter uma vida contínua de adorador, passando pelas transformações necessárias feitas pela ação do Espírito Santo de Deus.

Em Adoração contínua a Deus!!!

 Rev. Alessandro Richter